top of page

SOBRAMH inicia implementação de Medicina Hospitalista em Hospital Infantil de Vitória (ES)

Mais um hospital do Espírito Santo é inserido no programa de implementação de Medicina Hospitalista, desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar (SOBRAMH). Trata-se do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HEINSG), popularmente conhecido como “Colina”, localizado no bairro Santa Lúcia, em Vitória (ES). O projeto será dividida em etapas, iniciado pela implementação, seguido pela consolidação e monitoramento do projeto.


A integração da equipe, composta por um supervisor, três médicos e dois enfermeiros, aconteceu nesta segunda-feira (11). Na semana anterior, as consultoras de Enfermagem da SOBRAMH, Daniela Castro e Karen Duarte estiveram na unidade hospitalar: para apresentação, alinhamento do Manual de Medicina Hospitalar e implementação dos formulários de gestão da Qualidade.


Durante a integração, apresentada pelo médico e consultor da SOBRAMH, Altemar Paigel, foram apresentados o histórico da Medicina Hospitalista no Brasil; o papel da equipe multidisciplinar, focada no cuidado centrado no paciente; definição de metas assistenciais, por meio de preenchimento de informações e análise de indicadores; plano terapêutico; avaliação de desempenho e educação continuada.


Para tornar a comunicação mais efetiva, a equipe passa a integrar as atividades que são desenvolvidas na unidade hospitalar, como o acompanhamento da visita multidisciplinar e o huddle. Além disso, como metodologia de aperfeiçoamento das ações, os profissionais da MH serão inseridos nos treinamentos e reuniões, aplicados pela SOBRAMH.


“A integração da equipe nos processos de trabalho é fundamental para a efetivação dos resultados assistenciais. A equipe da SOBRAMH ficará na retaguarda, dando todo suporte, mas são os profissionais que atuam diretamente na assistência que são os protagonistas no processo de mudança, que impacta diretamente na qualidade do atendimento e na melhoria da efetividade do sistema de saúde”, destacou Paigel.


Para a enfermeira hospitalista, Ionara Ribeiro Duarte, está inserida na implementação do projeto é uma oportunidade de agregar conhecimento. “A Medicina Hospitalista é um programa que desperta interesse e estimula novos aprendizados. Estamos ansiosos para implementar as metodologias de trabalho, e consequentemente, ofertar uma assistência segura e de qualidade, que é a proposta do projeto de Medicina Hospitalista”, afirmou.


Parceria SOBRAMH e ICEPI


O trabalho que a Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar realiza em sete hospitais do Espírito Santo é por meio de assinatura de um termo de cooperação com o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPI), ligado ao governo capixaba.


A parceria entre a SOBRAMH e o Governo do Espírito Santo tem como objetivo fortalecer a estratégia do governo estadual em mudar o modelo de atenção hospitalar – com foco centrado no usuário do Sistema Único de Saúde (SUS), com assertividade nas atividades de fluxos assistenciais e institucionais.

A Medicina Hospitalista desenvolve suas atividades com foco no cuidado centrado no paciente, desde a admissão até a alta hospitalar. Esses princípios assistenciais, com visão na qualidade e segurança do paciente, são pilares que constam no cronograma de capacitações desenvolvidas e aplicadas pela Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar (SOBRAMH).







Notícias
Artigos e Atualidades
Cursos e Treinamentos